16 de Dezembro de 2018


     Fale conosco     Fale conosco
 
ProfissionalProfissional
GeralGeral
ConsultoriaConsultoria
HomeHome
NósNós
Na Boca do PovoNa Boca do Povo
Linguagem com PipocaLinguagem com Pipoca
Mito ou VerdadeMito ou Verdade
PublicaçõesPublicações

19/11/2012
Equipe
Recomendações de práticas não medicalizantes para profissionais e serviços de educação e saúde

As "Recomendações de práticas não medicalizantes para profissionais e serviços de educação e saúde" já estão disponíveis. Construído pelo Grupo de Trabalho Educação e Saúde, que faz parte do Fórum sobre Medicalização da Educação e da Saúde, nossos objetivos são:
• Favorecer a compreensão das necessidades relativas à educação, saúde e vida de crianças, adolescentes, familiares e seus grupos sociais, a partir de uma perspectiva não medicalizante;
• Apoiar a abordagem não medicalizante dessas necessidades de indivíduos e coletivos no trabalho de profissionais e serviços de educação e saúde;
• Fornecer instrumentos potencializadores de práticas de educação e cuidados em saúde que contemplem a diversidade nas formas de ser e aprender, respeitando os direitos das crianças e dos adolescentes.
Importante destacar que não se trata de um manual para diagnósticos e condutas. Apresentamos uma introdução ao tema da medicalização da educação e da sociedade e propostas de como podemos acolher os problemas vivenciados por crianças, adolescentes e familiares nos serviços de educação e saúde sem recair na lógica medicalizante, mas sim favorecendo caminhos de potência nas formas de ser e aprender. Também não se trata de um documento fechado, mas de um conjunto organizado a partir de experiências interessantes e reflexões que desejamos compartilhar. Ressaltamos que o material está aberto para novas sugestões.

Não deixe de ler e de compartilhar este importante material! Basta clicar em: http://medicalizacao.org.br/recomendacoes/
Você pode baixar em pdf ou folhear na própria tela. Boa leitura!


Voltar

Compartilhe: