15 de Dezembro de 2018


     Fale conosco     Fale conosco
 
ProfissionalProfissional
GeralGeral
ConsultoriaConsultoria
HomeHome
NósNós
Na Boca do PovoNa Boca do Povo
Linguagem com PipocaLinguagem com Pipoca
Mito ou VerdadeMito ou Verdade
PublicaçõesPublicações

Quem fala ou escreve pouco pensa pouco

Mito

E o que dizer daquela matéria que o aluno tanto estudou, mas se surpreendeu com a nota e o comentário do professor: resposta incompleta; está confuso, você não entendeu a matéria... E há também aquelas crianças que escrevem pouco e logo são taxadas de preguiçosas.

Não se trata disso. Falar e escrever exigem todo um trabalho de elaboração, que está relacionado com a situação concreta de comunicação e com as condições de produção. Essas variáveis podem, por vezes, inibir a expressão de ideias, pensamentos, sentimentos. Caras feias, olhares desconfiados do público, além do excesso de exigência com falar e escrever corretamente, seja da própria pessoa ou de seus interlocutores, interferem na elaboração e materialização do pensamento.

Vale a dica: Esteja atento ao seu interlocutor na hora de falar ou escrever algo. A quem é dirigido o seu discurso? Quais são as finalidades e objetivos da situação de comunicação? Quanto do conhecimento transmitido é comum a todos que participam dessa situação? Com mais clareza dessas questões, você pode ter mais facilidade para elaborar o que tem a dizer.


Voltar

Compartilhe: