16 de Dezembro de 2018


     Fale conosco     Fale conosco
 
ProfissionalProfissional
GeralGeral
ConsultoriaConsultoria
HomeHome
NósNós
Na Boca do PovoNa Boca do Povo
Linguagem com PipocaLinguagem com Pipoca
Mito ou VerdadeMito ou Verdade
PublicaçõesPublicações

10/09/2009
da equipe
Juiz diz em sentença que mulheres são gostosas!

Pois é, por mais incrível que pareça, isso aconteceu, recentemente, no Rio de Janeiro (Diário do Grande ABC, 03/02/09). Para justificar seu parecer favorável ao pagamento de indenização por defeito em um aparelho de televisão, o juiz profere: na vida moderna, não há como negar que um aparelho televisor, presente na quase totalidade dos lares, é considerado bem essencial. Sem ele, como o autor poderia assistir as gostosas do Big Brother?
Em meio a termos como prova pericial, laudo, imputar, atividade instrutória, dano moral, viceja o prosaico gostosas. E o leitor, de início, pode até soltar uma sonora gargalhada, lembrando-se da máxima brasileira: vivemos no país da piada pronta. Porém, além de ter se valido de um argumento de cunho machista, o juiz se equivocou no uso do gênero discursivo em questão, o que é inaceitável para um alto magistrado. Não circula na esfera jurídica o referido termo. Por muito menos, pessoas comuns são repreendidas publicamente, consideradas ignorantes, analfabetas, inadequadas, incapazes nos mais diferentes contextos. Mas é bem possível que este juiz não tenha sido sequer questionado por seus pares. Fica então uma pergunta: como ele reagiria se, no decorrer da audiência, ao invés de ser chamado de meritíssimo juiz, alguém lhe dissesse: e aí, brother, qual o babado?


Voltar

Compartilhe: