16 de Dezembro de 2018


     Fale conosco     Fale conosco
 
ProfissionalProfissional
GeralGeral
ConsultoriaConsultoria
HomeHome
NósNós
Na Boca do PovoNa Boca do Povo
Linguagem com PipocaLinguagem com Pipoca
Mito ou VerdadeMito ou Verdade
PublicaçõesPublicações

28/10/2010
Carolina Câmara*
Filme: Julie & Julia

Direção: Nora Ephron, 2009

Julie & Julia, filme baseado em fatos reais, traz a história de duas mulheres, separadas pelo tempo e pelo espaço, mas que carregam sentimentos semelhantes de frustação e insatisfações com suas próprias vidas.
Por ser mulher de diplomata americano, Julia está constantemente mudando de país e, por consequência, convivendo com novos costumes, culturas, sabores e humores. Na França, país em que reside quando sua história é contada, apoiada pelo marido a fazer aquilo que lhe dá prazer, Julia entra num curso de culinária, já que o que mais gosta de fazer é comer. Quer conhecer a cozinha francesa, mas encontra resistência dos outros alunos, todos homens em busca de um alto posto nos restaurantes franceses. Determinada, Julia ultrapassa todos os limites a ela impostos e se torna expert na arte de cozinhar: transforma-se em apresentadora de um programa de TV sobre culinária e escreve um livro que vira uma espécie de bíblia entre os cozinheiros do mundo todo.
Julie, típica americana do séc. XXI, está prestes a completar 30 anos. Longe de se sentir realizada, sente que seu trabalho não tem a amplitude que gostaria. Escritora frustrada, passa os dias como atendente de telemarketing de uma organização responsável pela construção de um memorial em homenagem às vítimas do atentado de 11 de setembro. Sem perspectiva de visibilidade nesta função, Julie busca mudar de vida.
E é aí que as vidas das duas mulheres se cruzam. Julie decide fazer as 524 receitas do livro de Julia em 365 dias corridos, registrando a experiência em um blog. Mais do que o gosto por fazer comida é o gosto pela escrita que impulsiona Julie a seguir com seu projeto, pois aos poucos vai tendo a dimensão de que o registro de suas experiências no blog ganhava visibilidade mundial, tornando-a uma das blogueiras mais populares da América. Leitores do mundo todo acompanharam a saga de Julie, não só dando-lhe força como também tomando-a como exemplo de perseverança na busca de sentido para a vida.
O blog virou livro e é desse livro que saiu o argumento para o filme. A verdadeira Julie é, hoje, escritora bem-sucedida, blogueira, cozinheira nas horas vagas e realizada com os novos rumos de sua vida.

*Carolina Câmara é psicóloga.


Voltar

Compartilhe: