15 de Dezembro de 2018


     Fale conosco     Fale conosco
 
ProfissionalProfissional
GeralGeral
ConsultoriaConsultoria
HomeHome
NósNós
Na Boca do PovoNa Boca do Povo
Linguagem com PipocaLinguagem com Pipoca
Mito ou VerdadeMito ou Verdade
PublicaçõesPublicações

A voz é o espelho da alma*

Mito

Na verdade, trata-se de uma forma poética de dizer que a voz pode expressar estados emocionais e físicos, como tristeza, alegria, desânimo, agitação, vigor, saúde, doença. Pode ainda apontar aspectos da personalidade, tais como amabilidade, autoritarismo, extroversão, timidez. Sexo, idade, tipo de formação sociocultural também podem ser apreendidos pela voz de uma pessoa.
No entanto, é bom lembrar das situações - às vezes embaraçosas - em que nos enganamos a respeito de nossos interlocutores ao telefone.
Mudanças ocorrem no modo como nos expressamos - há constantes variações em nossos estados emocionais, afetivos, físicos, não apenas de um dia para outro, ou de uma hora para outra, como de um ambiente social para outro: não falamos do mesmo jeito com um diretor de uma instituição, com um familiar, com um amigo, com um namorado; as situações de interlocução afetam nossa voz e modo de falar, de escolher as palavras e de entoná-las. Então a voz de cada um é única, mas também é múltipla.
Para o ator e o cantor, a voz é material de trabalho, de forma que essa multiplicidade pode aumentar bastante, já que eles podem fazê-la soar de modos muito diversos a cada canção e a cada personagem.

Vale a dica: Cantar sozinho ou em grupo, ler textos variados em voz alta, ou mesmo entrar para um grupo de teatro são boas formas de se escutar e, assim, conhecer e aperfeiçoar sua voz.

*Por Maria Laura Wey Märtz - fonoaudióloga clínica, docente do curso de Fonoaudiologia da PUC/SP, doutora em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP, autora do livro Problemas de Linguagem – Série Clínica Psicanalítica (Casa do Psicólogo, 2008) e co-autora de Histórias de contar e de escrever – a linguagem no cotidiano (Summus, 1995).


Voltar

Compartilhe: