15 de Dezembro de 2018


     Fale conosco     Fale conosco
 
ProfissionalProfissional
GeralGeral
ConsultoriaConsultoria
HomeHome
NósNós
Na Boca do PovoNa Boca do Povo
Linguagem com PipocaLinguagem com Pipoca
Mito ou VerdadeMito ou Verdade
PublicaçõesPublicações

A escola não tem como lidar com problemas de aprendizagem de modo mais particularizado porque são muitos alunos em sala

MITO

Dizer que há muitos alunos em sala de aula é o que alguns professores usam como justificativa para não se comprometerem com crianças que têm dificuldades durante a aprendizagem. Entendemos que o número de alunos em sala é um fator que pode interferir na relação ensino-aprendizagem, mas não deve ser impeditivo de um olhar mais apurado para cada um deles.
Cabe ao professor e à equipe pedagógica criarem situações e atividades em que todos possam ser compreendidos em suas particularidades, mesmo dentro do contexto grupal. E isso não é impossível. Exemplo recente vem da cidade de Altinópolis. Professores da rede municipal de ensino decidiram, como parte do planejamento pedagógico, fazer visitas periódicas às casas dos alunos de Educação Infantil e Fundamental I, para conhecerem a realidade da criança e estreitarem os laços entre família e escola. As primeiras visitas foram aprovadas pela comunidade: pais, alunos e professores. Trata-se de uma estratégia produtiva para aumentar a qualidade do ensino, com todos os envolvidos assumindo, de modo efetivo, a responsabilidade pela relação ensino-aprendizagem.

Vale a dica: Procure observar quais as estratégias que a escola de seu filho usa para conhecê-lo e avaliá-lo. Verifique se ele está sendo compreendido em suas particularidades ou apenas encaixado em um determinado perfil. E escolha sempre aquela que o aceita e respeita , buscando maximizar suas potencialidades.

Voltar

Compartilhe: