16 de Dezembro de 2018


     Fale conosco     Fale conosco
 
ProfissionalProfissional
GeralGeral
ConsultoriaConsultoria
HomeHome
NósNós
Na Boca do PovoNa Boca do Povo
Linguagem com PipocaLinguagem com Pipoca
Mito ou VerdadeMito ou Verdade
PublicaçõesPublicações

03/09/2009
da equipe
É nóis! É nóis na fita, e ninguém duvida disso!

Quem não se lembra da peça publicitária da Volkswagen recentemente veiculada na TV, em que um brasileiro corrige a fala errada de um alemão: “Somos nós e não é nóis!”?
A graça da propaganda, que tem direção do cineasta Fernando Meirelles, está não só na adequação do uso da expressão, como também na argumentação utilizada pelo alemão para se contrapor à correção do brasileiro: “É nóis na fita, todo mundo fala assim!”.
Estamos diante de mais um bom exemplo da força do uso cotidiano da linguagem. Como toda gíria, também essa subverte uma norma, no caso a gramatical. É nóis na fita é uma provocação: circulou inicialmente em grupos sociais menos favorecidos, anunciando uma situação bem sucedida daqueles que são colocados à margem e sofrem inúmeros preconceitos, inclusive linguísticos. Daí a força da expressão é nóis, uma marca da identidade linguística desses grupos.
Seu uso constante e legitimado cada vez mais por parte de outros grupos sociais levou os publicitários a reconhecerem sua força e empatia com o público em geral. O mais genial dessa peça está no fato de ser um alemão, que tem como marca de identidade a rigidez, inclusive linguística, a fazer uso da gíria e desbancar o brasileiro na eficiência da comunicação.
Veja o vídeo do comercial:






Voltar

Compartilhe: